Diferenciais

Conheça os diferenciais da Clínica Renascer na Serra. Nosso modelo é referência no tratamento da dependência química.

Diferenciais

Conheça os diferenciais da Clínica Renascer na Serra. Nosso modelo é referência no tratamento da dependência química.

Testes de Rorschach

É Importante que o profissional que aplica o Teste de Rorschach deva ter a devida especialização.

O Teste de Rorschach é um teste psicológico projetivo desenvolvido pelo psiquiatra suíço Hermann Rorschach. O teste consiste em dar possíveis interpretações a dez pranchas com manchas de tinta simétricas. A partir das respostas, procura-se obter um quadro amplo da dinâmica psicológica do indivíduo.

A prova de Rorschach pode ser aplicada em qualquer pessoa (desde que tenha condições de se expressar verbalmente e que tenha suficiente acuidade visual), de qualquer faixa etária e qualquer nível sócio-econômico e cultural. Como o propósito do exame é verificar a estrutura e a dinâmica da personalidade de cada examinando em particular, indicando não só as dificuldades, mas também os recursos positivos, não existem respostas certas ou erradas, pois as pessoas são diferentes e emitem respostas diferentes.

Na prática comum, na área clínica, a Prova de Rorschach tem se mostrado muito fecunda para a avaliação do paciente em casos em que urge um pronto e preciso referencial teórico, como podem ser, por exemplo, os casos de questões ligadas à necessidade de indicação medicamentosa ou de algum aconselhamento familiar específico.

Testes de Rorschach

Em Neuropsicologia, o teste de Roschach permite a elucidação de questões práticas ligadas aos processos psíquicos superiores e suas relações com os sistemas cerebrais, ampliando ou justificando a melhor opção quanto aos demais testes neuropsicológicos. Na orientação vocacional, revela as motivações inconscientes em conflito, esclarecendo a natureza das dificuldades que estão implicadas na escolha profissional.

O teste coloca à prova as funções psíquicas de percepção, atenção, julgamento crítico, simbolização e linguagem. Concomitantemente à execução dessas funções psíquicas na avaliação das hipóteses frente às manchas, os processos psíquicos afetivo-emocionais, motores-conativos e os cognitivos concorrem para a formulação final da resposta. As respostas ao Rorschach, portanto, revelam o status da representação da realidade em cada indivíduo, trazendo dados a respeito do desenvolvimento psíquico, das funções e sistemas cerebrais, dos recursos intelectuais envolvidos na construção das diferentes imagens, das articulações intra-psíquicas e da natureza das relações interpessoais.

Como a Prova de Rorschach avalia a dinâmica de personalidade particular de cada pessoa, pretende contextualizar os distúrbios psíquicos, compreender o valor e o significado de um sintoma clínico e orientar para o tratamento mais adequado.

Cumpre lembrar novamente que é impossível traçar todas as possibilidades de utilização deste instrumento de diagnóstico da personalidade da mesma maneira que se mostram ilimitados os caminhos que a natureza humana encontra para sua expressão.

Apostilas Terapêuticas Alcoolismo

Apostilas-Material Didático

Cada paciente que está em tratamento na clinica Renascer Na Serra, seja ele dependente químico ou alcoolista, recebe um material didático criado pela equipe terapêutica com o intuito de absorver conteúdo sobre sua doença e a recuperação.

Nosso material é desenvolvido com a seleção de trabalhos terapêuticos que visam a sua melhor recepção e aceitação de sua real fase de tratamento até o termino do seu tempo de internamento, com estudos e PPRs (plano de prevenção a recaída) onde a sua evolução é medida através da execução e compreensão do conteúdo proposto, ferramentas extraídas dos melhores materiais didático.

services-img-01

Ressonância de Crânio com Espectroscopia

Ressonância de Crânio com Espectroscopia. A espectroscopia é uma técnica que pode ser utilizada em conjunto com o método de imagens por ressonância magnética nuclear(IRMN). Esta nova técnica de imagens difere das outras exatamente em seu produto final.

Todas as outras técnicas utilizadas em exames de ressonância magnética produzem imagens como se fossem fotografias de partes anatômicas dos pacientes, com uma qualidade e precisão tão boas que este é o termo que melhor podemos utilizar. A técnica espectroscópica irá produzir gráficos, ou seja, espectros que irão demonstrar uma leitura química dos compostos biológicos presentes em determinadas áreas do corpo que queremos analisar, no caso o cérebro do paciente.

A espectroscopia é muito bem aceita, como nos casos de elucidação dos tipos de tumores ou em casos de síndromes demenciais , possíveis sequelas por uso de substancias químicas e para agregar mais informações relacionadas à etiologia da demência, bem como na doença de Alzheimer.

services-img-02

Avaliações Neurológicas

Avaliar o funcionamento cognitivo do dependente químico internado na clínica. Para a avaliação neuropsicológica podem ser utilizados os seguintes instrumentos: subtestes do WAIS-III (Dígitos, Aritmética, Seqüência de Números e Letras); COWAT; Trail Making; Teste de Stroop; e Bateria de Avaliação Frontal.

Podendo ser avaliado os prejuízos na atenção, nas funções executivas e no controle inibitório entre os alcoolistas. Ainda, comparar com dados normativos, ao grupo de participantes (alcoolistas e dependentes químicos) para obtenção do desempenho nos testes empregados.

  • OBJETIVO
    • Identificar disfunções presentes no sistema nervoso;
    • Determinar os efeitos dessas disfunções na vida diária deste paciente.
services-img-03

Acompanhamento Terapêutico Individual

As saídas com Acompanhamento Terapêutico Individual fazem parte da proposta terapêutica dentro do sistema de tratamento com internação, quando identificado e solicitado pela equipe técnica da clínica em resposta as necessidades individuais de cada paciente, e para pacientes que desejam uma formatação diferenciada para tratamento individual externo ou agregar valores a tratamento externo já existente em consultório com foco no treino de habilidades sociais (THS).

O objetivo do Acompanhamento Terapêutico, quando de paciente em internação, é facilitar seu retorno ao convívio social de forma gradual, percorrendo, inicialmente, espaços mais próximos à unidade de internação juntamente da profissional qualificada (A.T.) para lhe dar suporte afetivo e físico nas mais diferentes situações, oferecendo proteção frente às adversidades encontradas em ambiente externo à internação.Nesse processo é realizado o treino de habilidades sociais explorados de forma teórica e prática dentro da internação (atividades da Grade Terapêutica), esse treino possibilitará uma melhor capacidade de convívio social (pós-internação), de forma que não seja uma ruptura brusca entre o regime de internação e sua ressocialização em regime aberto e desprotegido.

Para pacientes que estão em tratamento externo (consultório) ou para aqueles que desejam agregar valores ao tratamento em andamento, o Acompanhamento Terapêutico leva em consideração uma formatação diferenciada de atendimento individual, somada ao Treino de Habilidades Sociais (THS), de acordo com a necessidade de cada paciente.

services-img-04

Terapia Familiar

As sessões de Terapia Familiar fazem parte da proposta terapêutica dentro do sistema de tratamento com internação, quando identificado e solicitado pela equipe técnica da clínica em resposta as necessidades individuais de cada paciente, e para núcleos familiares externos que nos buscam em consultório para agregar valores à dinâmica familiar e/ou disfuncional.

A Terapia Familiar é um método desenvolvido pelo Grupo de Terapeutas da Escola de Milão, tendo sido aperfeiçoada por seus precursores e que difere de algumas abordagens terapêuticas porque visa o tratamento do paciente inserido no contexto familiar e social.

É uma proposta terapêutica para lidar com o sofrimento do sistema familiar decorrente do adoecimento das relações interpessoais entre seus membros.
A metodologia utilizada é a Psicodramática-Sistêmica Construtivista que visa a ressignificação da história familiar, através de técnicas verbais, psicodramáticas e comportamentais, dando ênfase à saúde da família.

Baseia-se no fato de que quando a comunicação funcional e ativa dá lugar ao silêncio (comunicação disfuncional), o sistema familiar adoece. Restabelecendo a comunicação funcional a família evolui em seus diversos ciclos de vida, tendo a possibilidade de seus membros crescerem diferenciados e com autonomia.

Na visão sistêmica o individuo não é visto de forma isolada, ou seja, considera-se que o doente (Paciente Identificado) é apenas um porta-voz de uma doença que está a serviço da manutenção da disfunção relacional no sistema familiar.

Através do processo de Terapia Familiar podemos ressignificar crenças disfuncionais, desconstruir mitos, conscientizar seus membros de seus adoecimentos relacionais e instrumentalizá-los a fim de que possam modificar seus comportamentos tornando-se independentes, criativos e espontâneos, promovendo uma comunicação saudável.
O Terapeuta Familiar é visto como um agente facilitador para que tais mudanças ocorram.

Sua postura é ativa, interagindo com a família e direcionando para que a mesma possa desconstruir antigos paradigmas.

Procedimentos:
A Terapia Familiar poderá ser realizada mensalmente de acordo com a disponibilidade da família ou sua evolução no processo terapêutico, com duração de uma hora cada sessão.
O processo é dividido em etapas:

  • Histórico da Família e relacionamento familiar.
  • Psicoeducação (Como lidar com os sintomas da doença do PI(Paciente Identificado).
  • Inclusão do paciente e intervenções terapêuticas, visando a mudança da comunicação e do funcionamento das relações familiares.
  • Trabalho de Rêdes (visando a reinserção do paciente no ambiente social e familiar)
  • Prevenção de Recaída e Planejamento de Vida Familiar.

É importante ressaltar que a Terapia Famíliar é um tratamento coadjuvante e não substitui o tratamento psiquiátrico e medicamentoso, no caso de Transtornos Mentais.

services-img-05

Palestras Online

Como forma de participação e desenvolvimento mais amplo no tratamento do paciente e seus familiares, a Clínica Renascer na Serra disponibiliza uma ferramenta de palestras on line (Vídeo conferência) onde nossos terapeutas apresentam alguns temas sobre o tratamento, e a dependência familiar, para que seja possível o esclarecimento de duvidas, informações e aprendizado para melhor lidar com a situação em que todas as pessoas ao redor do paciente, acabem por serem envolvidas. Uma inovação na área e uma comodidade para os familiares.


ANDRÉ G. FARINHA

TERAPEUTA CRT: 48.565

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA XXII CONGRESSO ABEEAD

5º SUPERA UNIAD / UNIFESP

WORKSHOP : AMB CFM ABP ABEEAD :
“AS DIRETRIZES PARA TRATAMENTO DO CRACK”
“HABILIDADES SOCIAIS NA MANUTENÇÃO DA ABSTINÊNCIA”

XXII CONGRESSO ABEEAD
“CONTROVÉRSIAS EM DEPENDÊNCIA QUÍMICA: CIÊNCIA E SOCIEDADE DISCUTEM”

DENARC SÃO PAULO
“CAPACITAÇÃO DE AGENTES MULTIPLICADORES NA PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS”

FEDERAÇÃO BRASILEIRA DE COMUNIDADES TERAPÊUTICAS
“CURSO DE DIRIGENTES DE COMUNIDADES TERAPÊUTICAS”
“CURSO DE CAPACITAÇÃO COORDENADORES, MONITORES MOD.I”
“CURSO DE CAPACITAÇÃO COORDENADORES, MONITORES MOD.II”

SIMPÓSIO MULTIDISCIPLINAR DE PSIQUIATRIA ÚNICA

SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE TABACO , ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS
“MINDFULNESS : UM NOVO INSTRUMENTO NO TRATAMENTO DAS DEPENDÊNCIAS”

SEMINÁRIO DA CRUZ AZUL DO BRASIL
“CRACK , OXI , E PEDRAS NO CAMINHO E AGORA?”
CURSO DE ACONSELHAMENTO EM DEPENDENCIA QUIMICA UNIAD/UNIFESP

EDINEI BATISTA FRANCISCO
Médico Clínico Geral – (CRM/PR 032715)

DÉBORA ZANLORENZI
Nutricionista – (CRN8: 5948)

JÚLIO CESAR MIRANDA
Fisioterapeuta – (CREFITO193356)

ALEXANDRE RAMOS RIBEIRO
Terapeuta – Coordenador Supervisor Terapêutico e Aconselhamento
em Dependência Química pela Cruz Azul do Brasil
Coordenador Supervisor Terapêutico e Aconselhamento em Dependência
Química Escola Resgate Preventivo Caxias do sul RS

ALESSANDRA KAZUE DIAS WATANABE
Farmacêutica – (CRF/PR-16736)

MONIQUE RAYANE TEIXEIRA ROSETIN
Enfermeira Chefe – (COREN/PR 361.733)

LUCIMARIO FERNANDES DOS SANTOS
Enfermeiro – (COREN/PR 433.976)

REGINALDO RODRIGUES CARNEIRO
Enfermeiro – (COREN/PR 1229.392)

MARCOS ROBERTO VILESKI
Enfermeiro – (COREN/PR 620.48)

WAGNER GIONCO
Enfermeiro – (COREN/PR 126.524)

1 CHEFE DE COZINHA

4 COZINHEIRAS

2 AUXILIARES DE COZINHA

8 SEGURANÇAS

3 SEGURANÇAS SOCORRISTAS

3 AUXILIARES DE LIMPEZA

1 ADM FINANCEIRO

1 ADM RECURSOS HUMANOS

1 SUPORTE TÉC. INFORMÁTICA

2 AUXILIARES DE ESCRITÓRIO

 

HostFirewall